Pais se revoltam com saída de diretor e fazem protesto em Colégio da PM

Pais de alunos do Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM-2) se reuniram, na manhã desta segunda-feira (16), em frente à unidade escolar, localizada na avenida Max Teixeira, Zona Norte, em protesto ao desligamento do diretor.

Segundo os manifestantes, o profissional deixou o cargo porque não recebeum a promoção de patente militar esperada há quatro anos. Os pais acreditam que é uma injustiça a saída do gestor da instituição.

Todos os pais estão revoltados e pelo cem deles participaram do ato está manhã. Eles se reuniram e fizeram um abaixo-assinado com mais de mil assinaturas em dois dias para enviar à Casa Civil e protocolar a promoção do diretor.

Compartilhe