Papa Francisco aceita pedido de renúncia de bispo de Formosa

O pedido de renúncia do bispo Dom José Ronaldo foi acolhido pelo papa Francisco nesta quarta-feira (12). O religioso de Formosa, cidade goiana do entorno do Distrito Federal, foi acusado de desviar, junto com outros cinco padres, R$ 2 milhões em dízimos da Diocese local.

O anúncio foi publicado pelo Vaticano e divulgado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) na semana em que ocorreu a primeira audiência de instrução do julgamento dos religiosos.

O comunicado também nomeia como bispo responsável pela Diocese de Formosa Dom Paulo Mendes Peixoto, arcebispo Metropolitano de Uberaba.

A primeira audiência de instrução do processo aconteceu na última segunda-feira (10). As duas testemunhas que foram ouvidas relataram que houve um significativo aumento nos gastos por parte do bispo José Ronaldo e relataram ameaças feitas por um padre que estava investigando as irregularidades.

O MP de Goiás, responsável pela investigação, ainda vai ouvir mais de 30 testemunhas, além dos 11 denunciados.

Reportagem, Juliana Gonçalves