Polícia Civil apreende 9 quilos de cocaína pura em embarcação que iria abastecer Festival de Parintins

A Polícia Civil do Amazonas, por meio das equipes do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e Delegacia Fluvial (Deflu), em ação conjunta com servidores lotados na Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), apreendeu na madrugada desta sexta-feira (15/06), por volta das 5h30, nove quilos de cocaína pura, avaliados em R$ 200 mil, em uma embarcação vinda de Tefé, município distante 523 quilômetros em linha reta da capital.

Com a apreensão desta sexta-feira, as abordagens policiais nas embarcações totalizam a apreensão de 15 quilos de entorpecentes, nesta semana.

De acordo com o delegado Denis Pinho, coordenador de operações da Seai, as equipes interceptaram o barco em um local conhecido como Furo do Paracuuba. Durante buscas na embarcação, os policiais encontraram a droga em um compartimento. Pinho ressaltou que o material ilícito foi abandonado no barco e ninguém foi preso durante a ação. “Foi uma ação incisiva, um trabalho de investigação, que faz parte do desdobramento de operações deflagradas anteriormente. Nesta ação, especificamente, tivemos o reforço do nosso novo agente, o cão farejador Zeus, que tem a função de identificar drogas em locais bem difíceis”, destacou Denis Pinho.

Conforme Paulo Mavignier, diretor do Denarc, a droga apreendida na ação seria destinada a Parintins, município distante 369 quilômetros em linha reta da capital, onde, no fim deste mês, acontece a 53ª edição do Festival Folclórico no lugar. ”A apreensão faz parte da operação “Banzeiro”, que visa patrulhar os rios do Amazonas para evitar que essa droga chegue ao festival. Também foram apreendidos, nesta semana, seis quilos de maconha do tipo ‘skunk’, que tinham como destino a cidade de Parintins”, disse.

Operação Banzeiro – Mavignier ressaltou que as ações realizadas nos rios do Amazonas terão continuidade, tendo por objetivo combater o transporte de entorpecentes para a capital, via fluvial. O diretor do Denarc enfatizou que delações relacionadas ao tráfico de drogas no Estado podem ser feitas ao número: (92) 99415–0129, o disque-denúncia do departamento. “É importante destacar que moradores dos municípios do interior do Amazonas podem fazer denúncias à equipe do Denarc, porque atendemos todo o Estado. Essas queixas podem ser feitas, ainda, ao número 181, o disque-denúncia da SSP-AM. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado Paulo Mavignier.

FOTOS: ERLON RODRIGUES/PC-AM