Polícia Civil cumpre mandado de prisão a homem envolvido em latrocínio em Novo Airão

Ralisson Cerdeira Coelho
Ralisson Cerdeira Coelho

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da 77ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Novo Airão, a 115 quilômetros de distância em linha reta de Manaus, prendeu na tarde desta segunda-feira (12) Ralisson Cerdeira Coelho, 22, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juiz da Comarca do município, João Marcelo, pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte, ocorrido no dia 13 de dezembro de 2014 contra um comerciante.

Ralisson teria participado de um assalto seguido por uma tentativa de homicídio ao comerciante. Ele e mais dois comparsas roubaram o cordão de ouro da vítima e, em seguida, Ralisson efetuou um disparo de arma de fogo contra o rosto da vítima. O comerciante sobreviveu ao tiro que atingiu seu queixo e encontra-se aguardando o procedimento cirúrgico de reconstrução facial em uma unidade de saúde na Zona Leste de Manaus.

O autor do disparo foi preso em uma embarcação, por volta das 15h de hoje, enquanto tentava fugir para uma comunidade no interior de Novo Airão. “Nós estávamos à procura do Ralisson desde que o crime ocorreu. A Polícia Civil não conteve esforços até que a ordem de prisão dele fosse expedida e hoje conseguimos prendê-lo em uma embarcação no bairro Chicó, enquanto provavelmente ele se preparava para fugir,” informou o coordenador da prisão do homem, Delegado Adjunto Guilherme Torres.

“O juiz decidiu expedir o mandado de prisão pelo crime de latrocínio devido a tamanha crueldade que ele fez com a vítima,” explicou ainda Torres.

Em dezembro do no passado, a equipe policial já havia realizado a prisão de um dos envolvidos no crime. Andril Matos Garcia foi apontado como integrante do trio que praticou o latrocínio. Ele também foi preso em uma embarcação no município, na ocasião foi descoberto que o mesmo era procurado da justiça pelo crime de tráfico de drogas.

A equipe policial de Novo Airão continua procurando pelo terceiro envolvido no crime, identificado como Felipe Rodrigues Moreira. O Delegado conta que o homem é considerado foragido do sistema prisional de Manaus, onde respondia pelo crime de tráfico de drogas.

Ralisson Cerdeira Coelho foi autuado pelo crime de latrocínio tentado e ficará detido na carceragem da 77º Delegacia Integrada de Polícia, onde está à disposição da Justiça.