Polícia Civil deflagra operação “Rio Madeira” em Humaitá

A Polícia Civil do Amazonas, em parceria com a Polícia Civil do Estado de Rondônia, deflagrou na manhã de hoje (28), a operação “Rio Madeira” com a finalidade de desarticular o tráfico de drogas interestadual e prender uma das maiores quadrilhas de traficantes que atuavam entre os estados do Amazonas e Rondônia. O bando enviava os entorpecentes da capital Porto Velho, que vinha para Humaitá e da cidade amazonense era distribuído para Manaus.

A operação é coordenada pelo Diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), e foram cumpridos 22 mandados de prisão, busca e apreensão, que contou com a atuação de mais de 80 Policiais Civis dos dois estados. Para a execução do trabalho, foram utilizadas três aeronaves, dentre elas, o helicóptero “Águia” da Polícia Civil do Amazonas. A operação “Rio Madeira” é resultado de quatro meses de trabalhos investigativos executados pelo DRCO em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Rondônia.

O Diretor do DRCO, Delegado Sandro Sarkis destacou o resultado dos trabalhos. “Com a finalidade de intensificar as ações de combate ao tráfico de drogas no município e o tráfico interestadual, a Polícia Civil se faz presente no interior, e conseguiu obter êxito ao desarticular uma rede formada por traficantes em uma positiva ação integrada”, destacou o Delegado.

Durante as investigações em Humaitá, a Polícia Civil monitorou 36 suspeitos, executando prisões em flagrante por tráfico e apreendendo armas de fogo e drogas, para desarticular o crime organizado e o narcotráfico doméstico na cidade. Também foram presas 21 pessoas e apreendidos carros e motos. A operação também contou com o apoio das Delegacias Especializadas em Prevenção e Repressão a Entorpecente (DEPRE) e Homicídios e Sequestros (DEHS), além do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) e Grupamento de Operações Aéreas (GOA).

Os dados ainda são parciais, pois, a operação ainda está em andamento. Tão logo, a ação seja encerrada, as informações serão atualizadas e enviadas.