Polícia Civil encerra participação no simpósio de segurança público realizado na tríplice fronteira

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo Delegado Geral, Josué Rocha, o Diretor de Polícia do Interior (DPI), Delegado Antônio Chicre Neto, e mais 32 Policiais Civis, entre Delegados, Escrivães, Investigadores e Peritos, participou dos dois últimos dias de programações do 1º Simpósio de Segurança Pública na Fronteira do Amazonas e 12º Encontro Técnico da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (Enafron), realizado na cidade de Tabatinga, distante 1.108 quilômetros em linha reta de Manaus. O evento finalizou ontem.

O encontro foi promovido pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), e teve início na última terça-feira (25), com palestras, mesas redondas e fóruns de discussão. A programação incluiu ainda visitas técnicas aos órgãos de segurança das cidades de Tabatinga e Letícia, na Colômbia.

Na manhã de quarta-feira (26), a programação contou com cinco fóruns de discussão onde foram debatidos temas como o acompanhamento, monitoramento, avanços e desafios do Plano Estratégico de Fronteira e Enafron; a importância da cooperação municipal no desenvolvimento e segurança pública nas regiões de fronteira e comunidade local; a participação dos profissionais de segurança pública lotados nos municípios fronteiriços para aperfeiçoamento da Segurança Pública nas regiões, entre outros.

No período da tarde, os integrantes do encontro apresentaram os principais pontos debatidos nos fóruns de discussão, em seguida seguiram para visitas técnicas às sedes dos órgãos de segurança pública e Exército Brasileiro em Tabatinga. Encerrando o planejamento traçado para o evento, na manhã de hoje,ontem os participantes realizaram visitas técnicas à sede do Exército colombiano, na cidade de Letícia. Na ocasião, os membros do congresso puderam conhecer a estrutura existente no lugar, as práticas locais, dificuldades e avanços das instituições de Segurança Pública da cidade colombiana.

O Delegado Geral ressaltou a relevância do evento para o aprimoramento dos serviços realizados pela Polícia Civil em combate a criminalidade nas regiões de fronteiras no Amazonas. “A participação da Polícia Civil nesse encontro foi fundamental, desta forma, ampliamos os nossos conhecimentos com intuito de melhorar ainda mais os trabalhos desenvolvidos pelos nossos servidores nesses municípios do Estado em parceria com os demais órgãos”, disse Josué Rocha.

“É de extrema importância um encontro, como esse, assim nossos policiais, que trabalham diariamente combatendo a criminalidade nos municípios de fronteira, podem ampliar os conhecimentos, além de trocar informações e experiências com policiais de outros estados brasileiros. O objetivo é sempre aprimorar as técnicas tanto de investigação, quanto de abordagens policiais”, declarou o Diretor do DPI, Antônio Chicre Neto.

Participam do encontro a Diretora do Departamento de Políticas, Programas e Projetos da Senasp, Cristina Gross Villanova, o Secretário de Estado da Segurança Pública, Coronel Paulo Roberto Vital, representantes dos Estados do Distrito Federal, Acre, Pará, Amapá, Tocantins, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, São Paulo, e do país vizinho, a Colômbia. Prefeitos das cidades de Tabatinga, Benjamim Constant, Atalaia do Norte e da cidade colombiana de Letícia, que divide os dois países.