Polícia Civil identifica furto de energia em unidades de uma rede de supermercados e prende gerente em Manaus

A Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) prendeu em flagrante, na manhã desta quinta-feira (16/8), por volta das 9h, a gerente Meiriane da Silva, 41, após os policiais civis identificarem furto de energia em duas unidades de uma rede de supermercados na capital.

De acordo com o delegado Felipe Vasconcelos, titular da unidade policial, a equipe da DECFS foi acionada para acompanhar fiscais da Eletrobras Amazonas Energia na execução de ordem de serviço nos dois supermercados,localizados na avenida João Valério, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul, e na avenida Sumaúma, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus.

Conforme o delegado, o representante legal da Eletrobras, por meio de carta-denúncia,comunicou sobre asuspeita de furto de energia nos estabelecimentos comerciais, após a constatação, por meio de monitoramento remoto, da redução de 60% do consumo de energia nos locais.Felipe Vasconcelos destacou que nos dois locais os técnicos da Eletrobras e peritos do Instituto de Criminalística (IC) constataram que os medidores haviam sido fraudados com a instalação de um dispositivo denominado Jumper, que faz com que o consumo de energia seja reduzido.

“Assim que constatamos a fraude, demos voz de prisão à gerente do estabelecimento localizado na avenida João Valério, pela prática do crime de furto de energia. Já no estabelecimento no bairro Monte das Oliveiras,verificamos que a gerente estava no cargo apenas há uma semana, comprovando que a mesma desconhecia a fraude durante esclarecimentos prestados na delegacia. Os proprietários da rede de supermercados foram identificados e deverão comparecer à DECFS, onde serão interrogados”, relatou a autoridade policial.

Vasconcelos esclareceu que após a constatação do delito, foram retirados os desvios e o local teve o fornecimento de energia regularizado, passando a registrar o consumo real do estabelecimento. Conforme levantamento realizado pela equipe daEletrobras, o prejuízo ocasionado à concessionária de energia pela rede de supermercadosnos últimos dois meses ultrapassa R$ 100 mil.

Meiriane foi autuada em flagrante por furto de energia mediante fraude, sendo arbitrada à infratora fiança no valor de R$ 5 mil. O valor estipulado foi pago e, ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, a mulher foi liberada para responder ao processo em liberdade.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.