Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas na Zona Leste de Manaus

S0313056
Albertinho Oliveira Alves, 37, e Valdiza de Oliveira Brito, 33

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 28º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu em flagrante na tarde de ontem (6), Albertinho Oliveira Alves, 37, e Valdiza de Oliveira Brito, 33. Após duas semanas de investigações, o casal foi encontrado com drogas na própria casa, localizada na rua Padre Damião, bairro Colônia Antônio Aleixo, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com as informações do Titular em exercício do 28° DIP, Delegado Alessandro Albino, após uma denúncia recebida na Delegacia, a equipe policial deu início às investigações que duraram duas semanas, e chegou ao casal na tarde de ontem, quando uma nova denúncia informava que os dois estavam preparando drogas para comercializar.

Ainda de acordo com o Delegado, ao chegarem ao endereço para averiguarem a situação, encontraram o casal, que ainda tentaram fugir, mas foram impedidos pelos policiais. Durante a revista no imóvel, foram encontrados em um dos cômodos da casa celulares, dinheiro, tablet, notebook e uma parte da droga, o restante estava em um galpão que fica ao lado da residência, que também pertence aos dois. “Entramos no galpão e ao chegar na cozinha do local, percebemos que havia uma porta no chão que dava acesso a um porão, onde encontramos o restante do material ilícito, além de munições, material para embalo e preparo da droga”, informou Alessandro.

Foram encontrados com o homem e a mulher 20 kg de drogas, com características de maconha, pasta base e cocaína em pó e em pedra, e ainda R$ 847 em dinheiro, quatro balanças de precisão, sete celulares, três tablets, um notebook,14 munições de calibre 40, três munições calibre 12, bicarbonato de sódio, solução de bateria, rejunte, e material de embalo dos entorpecentes.

Na Delegacia, a autoridade policial autuou em flagrante Albertinho e Valdiza por tráfico de drogas e associação para o tráfico, posse de apetrechos para fabricação da droga e por posse ilegal de munição de uso restrito. Após os procedimentos legais, serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão presos à disposição da Justiça.