Polícia Civil prende foragido da Justiça no bairro Gilberto Mestrinho e procura comparsa

Investigadores do 4° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Miguel Ribeiro, cumpriram na tarde desta quarta-feira (1º/8), às 13h30, mandado de prisão, por sentença condenatória de roubo majorado, em nome de Leno Oliveira do Carmo, 29.

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi preso na casa onde estava morando, na rua Campina, Comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus. Miguel Ribeiro explicou que os policiais civis chegaram até ele após o recebimento de delações, feitas ao número (92) 99118-9766, o disque-denúncia do 4° DIP, informando que Leno estava escondido no endereço supracitado.

O delegado relatou que o roubo aconteceu no dia 13 de março de 2017, por volta das 23h30, no bairro Zumbi dos Palmares, zona leste. “Na ocasião, Leno e mais outro indivíduo, identificado como Marcos Paulo do Nascimento Santos Júnior, que já está sendo procurado pela polícia, estavam realizando arrastões em paradas de ônibus daquele bairro. Com eles, na época, foram recuperados aparelhos celulares e R$ 200 em espécie”, disse.

Marcos Paulo é procurado

Conforme Ribeiro, após serem presos em flagrante e levados à Audiência de Custódia, os infratores foram liberados para responder pelos roubos em liberdade. Posteriormente, eles foram condenados e expedidos mandados de prisão em nome deles, razão pela qual passaram a ser considerados foragidos da Justiça.
“Leno é conhecido da polícia por cometer roubos em bairros na zona leste da cidade. Ele chegou a recorrer na Justiça para responder ao processo em liberdade, mas o pedido foi negado, sendo determinado pelo juiz que Leno fosse recolhido para cumprir pena, uma vez que não cabe mais recurso. A partir de agora ele vai cumprir a pena que foi arbitrada pelo juiz”, esclareceu o delegado.

Disque-Denúncia – O titular do 4º DIP pede ajuda da população para localizar e prender Marcos Paulo. Delações relacionadas ao caso podem ser feitas ao número (92) 99118-9766, o disque-denúncia da unidade policial. “Também disponibilizamos o número 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado.

Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, Leno será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

FOTOS: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.