Polícia Civil prende no bairro Jorge Teixeira homem denunciado por ameaçar de morte a ex-mulher

A equipe de investigação do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Christiano Castilho, titular da unidade policial, prendeu, em flagrante, na manhã desta sexta-feira (27/7), por volta das 10h, um rapaz de 27 anos, após ele ameaçar de morte a ex-companheira, uma jovem de 24 anos.

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi preso na casa da vítima, localizada na avenida Mirra, segunda etapa do loteamento João Paulo, bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital. Os policiais civis lotados no 14° DIP chegaram até o infrator após a jovem ligar para a unidade policial pedindo ajuda, pois temia pela própria vida.

“Na quinta-feira (26/7) a vítima nos procurou no 14° DIP e relatou que vinha sendo ameaçada de morte pelo ex-companheiro, com quem se relacionou durante sete anos e tem uma filha de dois anos. A jovem afirmou, ainda, que há dois meses eles estão separados, mas o indivíduo não aceita o término da relação. Em razão disso, representei à Justiça medida protetiva de urgência para resguardar a integridade física dela”, declarou o delegado.

Castilho disse que, logo após a equipe da unidade policial receber o telefonema da vítima, imediatamente se deslocou até o endereço da mulher, onde o elemento foi preso em flagrante. Na delegacia, durante os procedimentos cabíveis, os policiais civis encontraram, em um aplicativo de mensagens instantâneas, fotos do infrator exibindo uma arma de fogo, enviadas à ex-companheira. O elemento afirmava, ainda, que iria matar a jovem.

A arma de fogo não foi encontrada com o infrator no momento em que ele foi preso. O indivíduo foi autuado em flagrante por ameaça. Por se tratar de um crime afiançável, a autoridade policial arbitrou ao infrator fiança no valor de R$ 1 mil. O pagamento do valor estipulado foi pago e o infrator liberado para responder pelo crime em liberdade.