Polícia Civil recupera motocicletas roubadas em Manaus e prende duas pessoas durante operação em Coari

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou nos dias 30 e 31 de julho deste ano, em Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital, a operação “Coari Segura”, que resultou nas prisões, em flagrante, de Maria de Fátima Pontes de Freitas, 49, em posse de cartuchos de munições de distintos calibres, e Enivaldo Cardoso Cavalcante, 27, por receptação. Ao longo da ação foram recuperadas quatro motocicletas roubadas em Manaus.

Os trabalhos foram coordenados pelo delegado-geral adjunto da instituição, Antonio Chicre Neto, e pelo delegado José Afonso Barradas, titular da 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari. Policiais militares lotados no 5º Batalhão de Polícia Militar de Coari deram apoio à ação. Conforme o delegado-geral adjunto, as diligências foram iniciadas às 9h da última segunda-feira e tiveram como principal objetivo coibir delitos no lugar e reforçar o policiamento naquele município.

Antonio Chicre Neto relatou que Maria de Fátima foi presa na manhã de segunda-feira (30/7), por volta das 11h, durante diligências na Feira do Produtor Rural, no bairro Centro, em Coari. Os policiais apreenderam, em posse da infratora, pacotes contendo espoletas de chumbo, 50 cartuchos de calibre 16, 37 cartuchos de calibre 36, 20 cartuchos de calibre 20, 10 cartuchos de calibre 32, além de, aproximadamente, sete esferas de chumbo utilizadas em espingardas.

O delegado-geral adjunto explicou que, ainda no decorrer da ação, os policias civis e militares recuperaram três motocicletas da montadora Honda, sendo uma modelo CB 300, com placa adulterada; uma modelo CG 160, de placa PHH-9869; e outra modelo CG 150, com a placa PHF-6770.

Conforme o delegado José Afonso Barradas, já na manhã de terça-feira (31/7), em continuação às atividades, por volta das 8h30, durante fiscalização nas proximidades de um estacionamento situado na estrada do Aeroporto de Coari, os policiais abordaram Enivaldo.

“Verificamos que o Enivaldo estava conduzindo um motocicleta da montadora Honda, modelo CG 160, com restrição de roubo, chassi e placa adulterados. O infrator foi autuado em flagrante por receptação. As motocicletas recuperadas serão encaminhadas para perícia, a fim de identificarmos e devolvermos os veículos aos donos”, pontuou Barradas.

Fiscalização – No decorrer da operação, o delegado-geral adjunto disse que ainda na manhã de terça-feira os policiais civis averiguaram denúncias de roubo, tráfico de drogas e pirataria naquele município. “Realizamos incursões nas comunidades do lago de Coari e em outras comunidades próximas à sede do município, com o intuito de averiguarmos denúncias dos comunitários”, declarou o delegado-geral adjunto.

Flagrante – No prédio da 3ª DIP Maria de Fátima foi autuada em flagrante por comercialização ilegal de munição de arma de fogo de uso restrito. Após os procedimentos cabíveis, ela irá permanecer na carceragem da DIP de Coari, até a conclusão das investigações. Já Enivaldo foi atuado por receptação. Foi arbitrada fiança no valor de R$ 950 ao infrator. O valor foi pago e ele acabou liberado para responder ao processo em liberdade.

FOTO: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.