Polícia divulga conteúdo de bilhete deixado ao lado da sogra morta de subcomandante da PM

Manaus – A sogra do subcomandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, Raimundo Cavalcante, foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (2) pela própria filha com o pescoço degolado. Ao lado do corpo dela, o assassinado deixou um bilhete e a arma do crime.

O crime ocorreu na rua 3, no bairro Monte Sinai, na Zona Norte de Manaus,l. De acordo com a polícia, o criminoso sugeriu que a morte foi em decorrência de motivação passional. A mensagem dizia: “Esse é o resultado de 20 anos de convívio”.

Rutelene Pereira Lessa tinha 56 anos e era faxineira. O crime aconteceu por volta das 19h de domingo (1º), mas o corpo só foi encontrado às 5h da manhã de hoje. Ela morava no local com uma filha e os vizinhos disseram desconhecer se a mulher tinha um relacionamento algum homem.

O Instituto Médico Legal (IML) removeu o corpo e o caso já é  investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Compartilhe