Policiais Civis de Humaitá prendem homem por falta de pagamento da pensão alimentícia

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município de Humaitá, distante 590 quilômetros em linha reta da capital, prendeu em cumprimento a mandado de prisão, Airlines Julian da Silva Costa, 20, por descumprir determinação judicial para pagamento de pensão alimentícia.

A prisão foi coordenada pelo Delegado Adjunto do município, Miguel Ribeiro, e o mandado foi cumprido nas dependências de um supermercado situado na rua Antero Rica, bairro São Pedro, no município, onde trabalha o preso. O documento foi expedido hoje, pelo juiz Jeferson Galvão de Melo, da 2ª Vara de Justiça de Humaitá. “Essa ação se faz em cumprimento às atribuições de polícia judiciária e a medida, além de seu aspecto pedagógico, visa resguardar os direitos do assistido”, informou o Delegado Adjunto.

O homem deverá permanecer na delegacia até o pagamento da dívida.

PC realizou no ano passado operação “Pensão Alimentícia”

Em outubro de 2014, os Policiais Civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), com apoio do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), e Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) deflagraram a operação “Pensão Alimentícia” que teve com objetivo deter cidadãos que não cumpriram determinação da justiça, e na qual foram cumpridos 50 mandados de prisão.