Polo Industrial de Manaus fatura R$ 30 bilhões no primeiro quadrimestre

Impulsionado pelo desempenho do segmento Eletroeletrônico (inclusive Bens de Informática), o Polo Industrial de Manaus (PIM) faturou um montante recorde de R$ 30,08 bilhões no primeiro quadrimestre do ano, o que representa um crescimento de 21,55% em relação ao mesmo intervalo de 2017. Em dólar, o resultado também foi positivo – o valor de US$ 9.136 bilhões faturado entre janeiro e abril deste ano representa aumento de 15,39% ante os US$ 7.917 bilhões registrados no mesmo período do ano passado.

As exportações do Polo também apresentaram trajetória de alta no quadrimestre, totalizando US$ 168.47 milhões e alcançando crescimento de 20,55% na comparação com o mesmo intervalo de 2017 (US$ 139.75 milhões).

A mão de obra ocupada no mês de abril foi de 86.450 trabalhadores, o que representa um crescimento de 1,98% na comparação com abril do ano passado (84.771 trabalhadores). A média mensal de mão de obra no ano, até abril, está em 87.520 trabalhadores, o que indica um aumento de 2,44% ante a média registrada no mesmo período de 2017 (85.432 trabalhadores).

O segmento Eletroeletrônico (inclusive Bens de Informática) foi o principal destaque do quadrimestre, alcançando faturamento de R$ 16,16 bilhões e crescimento de 33,94% ante o mesmo intervalo de 2017. Outros segmentos bastante representativos para o Polo também tiveram resultados positivos no período, tais como Duas Rodas (faturamento de R$ 4,21 bilhões e crescimento de 19,15%); Químico (faturamento de R$ 3,18 bilhões e crescimento de 11,82%); Termoplástico (faturamento de R$ 1,72 bilhão e crescimento de 14,09%); e Metalúrgico (faturamento de R$ 1,67 bilhão e crescimento de 14,58%).

O aquecimento da demanda no mercado doméstico por produtos de entretenimento e bens de consumo, diante da realização da Copa do Mundo FIFA 2018, teve impacto direto nas linhas de produção de alguns dos principais itens fabricados pelo PIM, tais como televisores com tela de cristal líquido (LCD), telefones celulares e microcomputadores portáteis. No caso das TVs de LCD, foram mais de cinco milhões de unidades fabricadas no quadrimestre, o que representa um crescimento expressivo de 52,34% ante o mesmo intervalo de 2017. Já as linhas de telefones celulares, com 5,2 milhões de unidades produzidas, e de microcomputadores portáteis, com 255.297 unidades, tiveram crescimentos de 9,04% e 69,75%, respectivamente.

As linhas do segmento de Duas Rodas também foram destaques do primeiro quadrimestre do ano. Nesse intervalo, o PIM produziu 352.729 unidades de motocicletas, motonetas e ciclomotos, o que indica um aumento de 19,17% na comparação com o mesmo período de 2017. Outro produto representativo do setor – as bicicletas – também apresentou alta, alcançando 220.631 unidades produzidas e crescimento de 11,90% ante o primeiro quadrimestre do ano passado.

Avaliação

De acordo com o superintendente da SUFRAMA, Appio Tolentino, os indicadores de desempenho do Polo Industrial de Manaus até abril são encorajadores e só fortalecem as projeções de resultados positivos para o restante do ano. “A análise das estatísticas parciais permite afirmar que o PIM está caminhando forte para registrar o seu melhor ritmo de faturamento dos últimos seis anos, com aumento de aproximadamente 20% no faturamento global e nas exportações em relação ao ano passado, enquanto que a movimentação de mão-de-obra ocupada continua inspirando otimismo no que diz respeito aos seus resultados para os próximos meses”, disse Tolentino. “O segundo semestre do ano geralmente traz uma intensificação dos indicadores registrados na primeira metade e a autarquia está confiante de que esse cenário será presenciado novamente em 2018”, complementou.

Texto: Diego Queiroz