População de Juruá se revolta após terceira pessoa ser morta por indígenas: prefeitura pede intervenção

Manaus –  A Prefeitura Municipal de Juruá solicitou uma intervenção no município, nesta terça-feira (28), após mais uma morte ser registrada. O corpo do idoso Moisés Lima, de 72 anos, foi encontrado no Rio Juruá, em avançado estado de decomposição. Ele teria sido jogado no rio por indígenas da etnia Madja Kulina logo após ser morto.

De acordo com moradores, esta é a terceira morte promovida pelo grupo indígena no município somente neste ano. O crime revoltou a população que iniciou uma série de manifestações na cidade pedindo Justiça. O clima está tenso na cidade.

Devido ao registro do crime e as manifestações, o prefeito José Maria Rodrigues Rocha Júnior enviou um documento à Funai pedindo intervenção para resolver o problema de conflito indígena no município. O documento frisa que a comunidade indígena sempre conviveu bem com pessoas não indígenas, mas nós últimos anos, os conflitos se intensificaram e o registro da terceira morte preocupa os moradores de Juruá.

O documento foi recebido ainda nesta terça-feira e a Funai ainda não se pronunciou sobre o caso. As três mortes estão registradas na delegacia local e nenhum suspeito foi preso.

Documento enviado pelo prefeito à Funai
Compartilhe