População do Brasil deve parar de crescer em 2047, diz IBGE

SÃO PAULO, SP, 12.06.2014: COPA/BRASIL x CROÁCIA - Torcida - Partida entre Brasil x Croácia, válida pela primeira rodada do Grupo A, durante jogo abertura da Copa do Mundo 2014, realizado na Arena Corinthians (Itaquerão), na zona leste de São Paulo, nesta quinta-feira (12). (Foto: Jorge Martinez/Mexsport/Fotoarena/Folhapress)

A população brasileira deverá crescer até 2047, quando chegará a 233,2 milhões de pessoas. Nos anos seguintes, ela cairá gradualmente, até os 228,3 milhões em 2060. As informações são da revisão 2018 da Projeção de População do IBGE.

1 QUARTO

No ano de 2060, um quarto da população brasileira (25,5%) deverá ter mais de 65 anos. Neste mesmo ano, o país terá 67,2 indivíduos com menos de 15 e acima dos 65 anos para cada grupo de 100 pessoas em idade de trabalhar (15 a 64 anos).

FECUNDIDADE

A taxa de fecundidade total para 2018 é de 1,77 filho por mulher. Em 2060, o número médio de filhos por mulher deverá reduzir para 1,66.

MAIORES

Entre os estados, as maiores taxas de fecundidade serão em Roraima (1,95), seguido por Pará, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul – todos com 1,80.

MENORES

As menores deverão ser no Distrito Federal (1,50) e em Goiás, Rio e Minas – todos com 1,55. Já a idade média em que as mulheres têm filhos é de 27,2 anos em 2018 e deverá chegar a 28,8 anos em 2060.