Prefeito Arthur Virgílio Neto acompanha equipes de vacinação contra o sarampo no Jorge Teixeira

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, acompanhou nesta quinta-feira, 19/7, à noite no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, o trabalho de vacinação em domicílio, que a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), desencadeou nesta semana, com o Plano de Intensificação Contra o Sarampo. Na última quarta-feira à noite, equipes de vacinadores foram impedidos de realizar o trabalho de imunização, por um grupo de traficantes. Após um apelo do prefeito, a Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) realizou uma operação no local.

Juntamente com a primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, durante a visitação ao Jorge Teixeira, o prefeito destacou que a ordem é vacinar, e que ninguém é capaz de impedir que vacinemos. “Fiz um apelo ao governador Amazonino Mendes, e temos um dever e vamos cumpri-lo de qualquer jeito. Vamos continuar indo aonde for e vacinar a todos.”

A estratégia de vacinação de casa em casa, no horário das 15h às 20h, além de avaliar a situação vacinal dos moradores dos bairros Jorge Teixeira, Cidade Nova e Novo Aleixo, os maiores com incidência de sarampo, também viabiliza que os moradores que não podem ir as unidades de saúde, se imunizar durante o dia, consigam ser vacinados.

É o caso do morador, Raimundo Nonato, 40, que trabalha na construção civil e não tinha a oportunidade de ir ao posto de saúde. “Eu trabalho o dia inteiro, eu só tenho tempo à noite, e foi uma surpresa muito boa ter essa vacinação aqui no bairro. Agora estou imunizado e mais tranquilo.”

Conforme o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, as equipes estão motivadas para atender a meta de 95% da população do Jorge Teixeira. “Vamos trabalhar, indo de casa em casa, de 15h as 20h até atingir a meta estabelecida. Nossos técnicos estão todos motivados e a visita do prefeito motiva ainda mais o trabalho deles para erradicar de vez o sarampo na cidade de Manaus.”

Ainda segundo ele, as equipes deverão analisar a situação vacinal de mais de 170 mil pessoas, nos bairros Jorge Teixeira, Cidade Nova e Novo Aleixo.

Após uma operação realizada na manhã desta quinta-feira, as equipes da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) estão reorganizadas com um número de contato específico para qualquer denúncia de comunitários.