Previdência e Espi definem curso de relações interpessoais para servidores

Estreitar o relacionamento entre o público interno e, consequentemente, melhorar o externo, é a proposta do curso de Relações Interpessoais que a Manaus Previdência irá realizar nos meses de agosto e setembro, em parceria com a Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi). O esboço inicial sobre a didática do curso foi debatido nesta quarta-feira, 4/7, em reunião da direção da previdência municipal com a instrutora Sonia Grasseschi.

Conforme a diretora de Previdência, Daniela Benayon, o curso terá duas turmas, com 50 vagas cada. A primeira capacitação acontecerá em agosto e a segunda, em setembro, ambas no auditório da previdência. ”Vamos abordar a interação entre os nossos servidores, destacando a importância do bom relacionamento, o que acaba refletindo no público externo, que são os aposentados, pensionistas e servidores ativos da Prefeitura de Manaus”.

O bom atendimento, inclusive, é o carro-chefe da previdência municipal, que tem certificação ISO 9001:2008 no escopo “concessão de benefício”. Na mais recente pesquisa de satisfação da autarquia, realizada em maio de 2018, foi detectado um índice de aprovação de 96%. Com uma maior interação entre os servidores, é possível que esse índice aumente ainda mais.

Uma próxima reunião com a instrutora foi marcada para o final de julho, ocasião em que ela irá conhecer as particularidades da instituição, como os departamentos; a composição de servidores de cada setor e o relacionamento de cada um com o público externo.

Texto: Stephanie de Farias e Marcia Claudia Senna / Manaus Previdência