Previdência privada vale a pena?

“A tributação e a blindagem patrimonial são dois itens que precisam ser considerados”, explica Daniela Casabona, Assessora Financeira da FB Wealth.

A previdência privada, diferente da pública, não está ligada ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Nos planos da previdência privada é possível escolher o valor da contribuição e a periodicidade em que ela será feita, dessa maneira, a instituição financeira aplica essas quantias no mercado de investimentos, com o propósito de gerar a melhor rentabilidade. Porém, o fato de não oferecer nenhuma garantia de que o dinheiro depositado todo mês alcance a rentabilidade prometida gera preocupações nos investidores e até naqueles que pensam em começar a poupar através desta modalidade. Outra preocupação é se daqui 30 anos, por exemplo, este plano de previdência privada ainda existirá e estará sendo gerido de maneira correta.

Para Daniela Casabona, Assessora Financeira da FB Wealth, a época em que a previdência privada não tinha bons fundos já passou. “O que acontece hoje é que os bancos não tem um cuidado. Vendem a previdência somente para bater metas. Levando este descuido em conta, concorrentes nacionais e estrangeiros passaram a disponibilizar um produto muito melhor e rentável”, explica Casabona. Além da desdém dos bancos, este investimento ainda carrega com si outras desvantagens, por exemplo: taxas de administração abusivas, ou seja, a taxa que se dá em forma de recompensa ao gestor que administra os recursos que são aplicados; taxa de saída, sendo ela uma cobrança que é feita caso o investidor decida resgatar o dinheiro antes de um determinado período pré-acordado e por fim, uma desvantagem que desanima muitos é a baixa rentabilidade. “Mesmo com esta série de desvantagens a tributação e a blindagem patrimonial são dois itens que precisam ser considerados”, ressalta.

Além destas, existem outras vantagens na previdência privada, como a sucessão patrimonial, ou seja, é permitida a escolha de quem serão os beneficiados e de quem pode ser ou não ser os herdeiros. Tudo isso é conversado e definido no momento da contratação. A portabilidade, é possível que o investidor troque de fundo de uma previdência para outro, sem ter a necessidade de resgatar o dinheiro. A possibilidade de débito automático, ou seja, o dinheiro para a aplicação no plano é descontado automaticamente todos os meses, também é um atrativo para aquele que não tem o hábito de guardar dinheiro com regularidade.

Sobre a FB Wealth

A FB Wealth é uma empresa especializada em planejamento patrimonial, que utiliza uma metodologia usada pelos principais players internacionais e uma análise personalizada de cada cliente. A empresa trabalha com o foco na construção e crescimento adequado do patrimônio de seus clientes e a preservação do poder de compra. Diferente de muitas empresas, a FB Wealth nasceu com o potencial de ser uma das maiores do país, com o patrimônio da carteira de seus clientes superando R$ 5 bilhões.