Processo de Acordo de Pesca no rio Mutuca em Careiro e Autazes é iniciado

A Secretaria do Estado de Meio Ambiente (Sema) por intermédio da Assessoria de Ordenamento Pesqueiro (Asspes) iniciou, nesta quarta-feira (30/05), a segunda reunião do processo de Acordo de Pesca, no rio Mutuca, nos municípios de Careiro da Várzea e Autazes na Região Metropolitana de Manaus (distante 25 e 113 quilômetros da capital, respectivamente).

De acordo com o coordenador da Asspes, Rogério Bessa, a reunião acontece na sede da comunidade rural Santa Maria, em Autazes e tem como objetivo principal regulamentar regras do Acordo de Pesca especificas para aquela área, em busca de solucionar conflitos internos que ocorrem na área do tratado entre pescadores comerciais e os moradores da localidade.

O engenheiro de pesca, João Bosco Ferreira, afirmou que o Ipaam está participando da elaboração das regras do acordo, entendendo que o entendimento é construção participativa entre os usuários dos recursos pesqueiros do rio Mutuca e o órgão gestor, a Sema. “Depois de homologado o órgão cumprirá o seu papel para que essas regras acordadas sejam cumpridas por parte dos usuários, já que eles determinaram as regras”, afirmou.

A reunião atende pedido das lideranças comunitárias e, também, dos empresários do ramo de pousadas de pesca esportiva, que operam na região do rio Mutuca e nas áreas do entorno.

Participaram do encontro técnicos do Instituto de Proteção Ambiental (Ipaam) e representantes da Sema, das Secretarias de Estado da Produção Rural (Sepror), Executiva de Pesca e Aquicultura do Amazonas (Sepa) e das Secretarias Municipais de Meio Ambiente de Careiro da Várzea e Autazes.

FOTO: DIVULGAÇÃO/SEMA