Prorrogadas as inscrições para Audiência Pública sobre violências no trabalho

As inscrições, que se encerrariam hoje, foram prorrogadas até o dia 23, quinta-feira

Na próxima sexta-feira, dia 24 de agosto, será realizada a Audiência Pública “Violências no Trabalho – enfrentamento e superação”. O evento, aberto a todos os públicos, acontecerá das 8h30 às 13h, no auditório do Fórum Trabalhista de Manaus, e irá discutir temáticas relacionadas a violências sofridas no ambiente de trabalho como: assédio moral, assédio sexual, acidente de trabalho, trabalho escravo, trabalho infantil, discriminação (por doença, gênero, idade, raça, deficiência e outros), assaltos ocorridos no local de trabalho (ônibus, postos de gasolina, agências dos correios ou bancárias, etc).

Organizado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11), a audiência pública contará com a presença do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Federal (MPF), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AM), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), além de diversas instituições envolvidas diretamente com a temática abordada.

Além de reunir trabalhadores que já foram vítimas de violência no trabalho, bem como ouvir os mais variados grupos sociais sobre os principais problemas e dificuldades enfrentados no ambiente de trabalho, a audiência pública também irá discutir boas práticas e iniciativas positivas que contribuem para a diminuição da violência no trabalho.

A audiência pública será transmitida, ao vivo, pelo canal do TRT11 no YouTube (https://www.youtube.com/TRT11R).

Público-alvo

Estão convidados a participar autoridades federais, estaduais e municipais envolvidas com o tema, sindicatos, entidades civis, ONG’s, empresas, construtoras, representantes de diversos segmentos da sociedade civil e qualquer pessoa que já tenha sofrido violência no ambiente de trabalho.

Como participar

Os interessados em se manifestar na audiência pública deverão confirmar presença até o dia 23 de agosto de 2018, às 12h, pelo email [email protected] ou pelos telefones: (92) 3621-7202 e 3621-7435. Todos estão convidados a participar.