Provas dissertativas para defensor público serão na próxima semana

Acontecerá na semana que vem, dias 11 e 12 de agosto, a próxima fase do concurso para defensor público do Estado com a realização das provas dissertativas. Lançado em dezembro do ano passado, o concurso visa o preenchimento de 25 vagas de defensores que atuarão nos polos da instituição a serem criados nos municípios do interior do Estado. Mais de três mil pessoas fizeram suas inscrições.

O resultado com os nomes dos aprovados deve ser divulgado até o final deste ano, momento oportuno para que haja as nomeações dos novos defensores.

Isso porque, segundo explica o defensor público geral, Rafael Barbosa, será o tempo que o novo valor do repasse de 1.4% do duodécimo estadual entrará na contabilidade da Defensoria Pública do Estado (DPE-AM). “Com o aumento do repasse estadual de 1.2% para 1.4% conseguiremos nomear defensores e implementar novos polos, numa ação combinada de expansão e melhoria dos serviços prestados pela DPE”, afirmou.

Rafael observa que com o aumento do repasse do ano passado foi possível realizar também o primeiro concurso público para servidores do quadro suplementar da DPE desde a criação do órgão em 1990. “Temos seguido um planejamento de gestão. E dado um passo de cada vez no sentido de tornar a instituição grande e robusta”.

O defensor público geral lembra que em julho de 2017 assumiu o compromisso junto à Assembleia Legislativa do Estado (ALE) de inaugurar polos no interior do Estado e assim foi feito. Em novembro foi inaugurado o polo de Parintins e em março deste ano foi inaugurado o polo de Itacoatiara. O polo de Humaitá foi ampliado com a contratação de servidores e a previsão para 2019 é a inauguração dos polos de Tefé e Tabatinga.

SERVIDORES

No mês passado tomaram posse os 13 primeiros aprovados no concurso para servidores dos quadro suplementar.

Os novos servidores da DPE-AM foram para os polos de Parintins, Humaitá e Itacoatiara, sendo ocupantes dos cargos de analista jurídico e assistente técnico destinados a reforçar o atendimento nas unidades do interior.

Em Manaus, serão inicialmente reforçados os quadros das unidades da Casa da Cidadania, no Conjunto Celetramazon, no Adrianópolis, zona centro-sul, do Shopping Sumaúma, na Cidade Nova, zona norte, e Pronto Atendimento ao Cidadão da Compensa, zona oeste, além de setores administrativos da sede da DPE-AM.