Quarta-feira de quebra-quebra e tensão, em Coari-AM

carro Coari
Populares destroem carro

Fonte – Rede Tiradentes

Um grupo de moradores de Coari, município do Interior do Amazonas, a 363 quilômetros de Manaus, protagonizou, no final da manhã desta quarta-feira (14), uma versão tropical de um dos fatos políticos mais conhecidos da história Francesa – a queda da bastilha.

Revoltados , eles promoveram um ‘quebra-quebra’ na sede do município e invadiram a casa do prefeito em exercício Igson Monteiro (PMDB), situada no bairro Tauamirim, reformada recentemente. As casas de outros políticos do municípios, prédios públicos e veículos também foram alvos da ira do grupo.

O ataque à casa de Igson aconteceu no final da manhã.

As primeiras informações são de o grupo seria formado por funcionários municipais, revoltados pelo atraso de mais de dois meses de salários. Segundo moradores da cidade, os servidores estariam sem receber desde novembro. O 13º também não teria sido pago.

Nos últimos meses, Coari foi alvo de um escândalo que ganhou o noticiário nacional, após denúncias contra o então prefeito Manoel Adail Pinheiro (PRP), acusado de chefiar um esquema de prostituição infantil, no município. O ex-prefeito está preso em Manaus.