Rádio A Voz das Comunidades repudia invasão de policiais ao prédio da emissora

A Policia Militar do Amazonas (PM), Ronda Ostensiva Candido Mariano, (Rocam) e o Centro de Operações Especiais (COE), nesta quinta-feira, às 15:30, invadiram a Rádio Comunitária A Voz das Comunidades, 87,9 Fm, das Zonas Norte e Leste de Manaus, situada na Rua 36 Qd 58 nº68, Bairro Amazonino Mendes.

A invasão teve a composição de ao menos 10 policiais, fortemente armados, que fizeram uma abordagem de extrema falta de preparo arrombando a porta da recepção da emissora. No exato momento havia um programa no ar onde houve interrupção do mesmo e a coação dos apresentadores e convidados frente aos policiais armados.

Todos os colaboradores da Rádio que mantém exercícios diários na emissora, passaram por um enorme constrangimento causado pelo despreparo dos policiais. Entre os colaboradores, vale ressaltar, a produtora Marlucia Fernandes, 44, que ficou em estado de choque. “ Quando vi os policiais invadindo, com metralhadoras em mão, me passou mil coisas pela cabeça, coisa de filme, pois eles chegaram arrombando portas e coagindo as pessoas que estavam no estúdio”.

O Diretor de jornalismo da rádio, Ivan Brito, exige uma explicação da Policia Militar e do Governo do Estado “Exijo uma resposta e posicionamento da Policia Militar do meu Estado. Acredito muito nessa instituição. O ato fere todos os princípios da democracia de um país que tem uma imprensa livre. Não podemos deixar isso passar batido. Imagina se a moda pega”

Rádio A Voz das Comunidades 87,9 FM