Revista americana publica texto em que define Bolsonaro como “amante da ditadura”

© AFP 2018/ Nelson Almeida

A revista norte-americana Time publicou, nesta semana, entrevista com o candidato do PSL à presidência da República, Jair Bolsonaro. O título da reportagem coloca o presidenciável como apoiador de Trump, admirador de autocratas e como uma pessoa que odeia gays.

No link de divulgação da entrevista no Twitter, o jornalista Matt Sandy afirmou ainda que Bolsonaro é admirador da ditadura. Em um trecho do texto, a revista coloca o presidenciável brasileiro como “muito mais” politicamente incorreto que Donald Trump. Matt Sandy cita ainda que o candidato do PSL iguala a homossexualidade à pedofilia e é apoiador do ditador chileno Augusto Pinochet.

Numa das poucas declarações reproduzidas pela revista, Bolsonaro renega promessas, como fechar o Congresso se eleito presidente, e afirma que “as pessoas evoluem” e que não é um troglodita.

A presença de Lula na corrida presidencial também foi destaque nos Estados Unidos. O Financial Times destacou que a crescente do petista nas pesquisas “aterroriza os mercados”.

Reportagem, Thiago Marcolini