Rodoviários ameaçam: se até o dia 20 os empresários não pagarem os salários integralmente, Manaus terá greve geral

Rodoviários

A situação está insustentável, os motoristas e cobradores do transporte público coletivo, receberam apenas 20% dos vencimentos. Isso revoltou a categoria e forçou uma paralisação de advertência na última quinta-feira (12). Agora, o sindicato já anunciou que os empresários têm que colocar os salários em dia, sem essa de parcelamento, e ameaçou fazer uma greve geral no dia 20 de julho. Os dirigentes sindicais já comunicaram à Justiça, ao Ministério Público, Sinetram, Prefeitura e todos os órgãos estão cientes da decisão. Quem mais uma vez vai “pagar o pato”, por conta do calote dos empresários, são os usuários do transporte público que pagam caro por um dos piores serviços do país.