Rodoviários mantém greve em Manaus nesta quarta-feira (30)

Nesta quarta-feira (30), segundo dia de greve dos rodoviários, pelo menos, 70% da frota dos ônibus deve estar circulando nas ruas de Manaus. O compromisso foi assumido em reunião realizada na sede da Prefeitura de Manaus entre representantes da categoria, empresas de ônibus e o prefeito Arthur Neto.

No encontro, Arthur Neto ameaçou entrar na Justiça, contra os dois sindicatos caso as partes não se entendam até o fim desta quarta-feira, ameaçando pedir multa severa.

Na manhã desta terça-feira (29), a Justiça do Trabalho determinou que a multa aos rodoviários subisse de R$ 50 mil para R$ 200 mil por hora de paralisação, mas mesmo assim, o movimento foi mantido.

Os rodoviários querem reajuste de 6,5% e os rodoviários afirma que a greve só termina quando este índice for concedido, segundo os rodoviários. Outra cobrança é o não pagamento do reajuste de 3,5% do ano de 2017.