Saiba como evitar a Toxoplasmose, a “doença do gato”

Você sabe o que é Toxoplasmose? É uma doença popularmente conhecida como “doença do gato” porque o protozoário que causa a infecção, é encontrado nas fezes dos felinos. Mas os gatos não são o maior problema, e sim o contato com as fezes dos animais, como esclarece a técnica da Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Rosa Moreira.

“Não é uma doença do gato! O problema é que existem muitas exposições no ambiente que podem aumentar o risco da gente contrair a doença. Ele [o gato] tem um momento que adoece e elimina os microrganismos no ambiente. O problema é que esses microrganismos podem permanecer de uma forma que transmita a doença por mais de um ano.”

Lavar muito bem alimentos crus, não provar carnes enquanto prepara, sempre comer carnes bem passadas, e lavar as mãos após contato com terra, areia e fezes de gatos fazem parte da prevenção. Esses simples cuidados podem evitar que você e sua família fiquem doentes. E se você está grávida, precisa redobrar a atenção e não esquecer do acompanhamento pré-natal. Isso porque, em 80% dos casos a doença não apresenta sintomas, mesmo que já esteja no organismo. O que pode colocar o bebê em risco como alerta Rosa Moreira

“Se a gestante não fizer o acompanhamento com a frequência certa e essa doença não for identificada adequadamente, ou não for nem identificada, ela não trata; o bebê pode ter problemas sérios como microcefalia, cegueira, retardo no crescimento…E são sequelas que irão acompanhar a criança pro resto da vida”.

Vale lembrar que o tratamento da Toxoplasmose varia de acordo com o diagnóstico e perfil do paciente. Por isso, procure atendimento médico em unidades de saúde. E lembre-se: simples atitudes podem ajudar a evitar a toxoplasmose. Não deixe de lavar muito bem os alimentos crus antes de comer. Inclusive as frutas com casca! Lave muito bem as mãos após manusear carnes cruas e antes das refeições.

Reportagem, Aline do Valle