Saiba tudo sobre o Carnaval de Manaus 2018 – Reino Unido da Liberdade é tricampeã

Escola do Morro da Liberdade conquistou 178,3 pontos e levou o troféu de campeã do Grupo Especial; confira as colocações

A Escola de Samba Reino Unido da Liberdade conquistou o tricampeonato no Carnaval 2018, realizado com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) com o tema “A Festa é de Todos”. A agremiação conquistou 178,3 pontos, ficando à frente da vice-campeã, Vila da Barra, e da terceira colocada, Unidos da Alvorada. A apuração dos desfiles do Grupo Especial e Grupos de Acesso ocorreu nesta segunda-feira (12/02), no bloco C do Centro de Convenções Profº Gilberto Mestrinho – Sambódromo.

A Reino Unido da Liberdade desfilou na avenida com o enredo “Ao mestre com carinho, na escola da vida, eu sou professor!”, em homenagem aos profissionais da educação. “A comunidade do Morro da Liberdade fará uma grande festa em homenagem ao nosso enredo maravilhoso. A ‘Reino’ fez um belíssimo papel no desfile e a cereja do bolo veio hoje”, disse o presidente da agremiação.

Com o enredo “O Grito”, a Vila da Barra conquistou o segundo lugar, com 177,1 pontos. Em terceiro ficou a Unidos da Alvorada, com 176,5 pontos, seguida pela Vitória Régia, 175,9, Grande Família, 175, Mocidade Independente de Aparecida, 174,9, Andanças de Ciganos, 174,7, e Sem Compromisso, 169, 40 pontos. Com a volta do acesso e descenso no Carnaval 2018, a Sem Compromisso é rebaixada para o Grupo de Acesso.

O secretário de Cultura, Denilson Novo, participou da mesa de apuração, composta por membros da União da Escolas de Samba do Amazonas (UESAM) e pela Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (CEESMA), e declarou que o Governo trabalhou de forma integrada para oferecer um Carnaval justo e participativo.

“Agradeço a cada uma das partes que se dedicou imensamente para a realização deste Carnaval, que foi uma festa de superação em todos os quesitos. O Governo do Amazonas, com a participação de cada secretaria, trabalhou de forma integrada levando a sério o tema ‘A Festa de Todos’, porque o Carnaval é uma festa só, seja dos blocos e bandas de rua, do Carnaboi, ou dos desfiles das Escolas de Samba. Nosso esforço e dedicação é para garantir uma gestão participativa para que todos possam oferecer à população um período de festas que é tão importante para o cenário cultural e econômico do Estado”, pontuou Denilson Novo.

Confira a colocação do Grupo Especial

1º G.R.ES Reino Unido da Liberdade 178,3

2º G.R.ES Vila da Barra 177, 1

3º G.R.E.S Unidos do Alvorada 176, 5

4º G.R.E.S Vitória Régia 175,9

5º G.R.E.S Grande Familia 175,0

6º G.R.E.S Aparecida 174,9

7º G.R.E.S Andanças de Ciganos 174, 7

8º -G.R.E.S Sem Compromisso 169, 40 – Rebaixada

Grupos de Acesso – Com o resultado dos Grupos de Acesso, todas as três escolas campeãs do ano passado conquistaram o feito novamente, sendo elas a Primos da Ilha ( Grupo de Acesso A), Mocidade Independente do Coroado (Grupo de Acesso B) e Tradição Leste (Grupo de Acesso C). As agremiações haviam permanecido nos respectivos grupos devido ao cancelamento do acesso e descenso no Carnaval 2017, que ocorreu em face à crise financeira.

Com o enredo que homenageava a escola de samba madrinha da agremiação, a Vitória Régia, A Primos da Ilha ganhou acesso ao Grupo Especial ao conquistar 178,30 pontos e levar o troféu do Grupo de Acesso A para casa. O segundo lugar ficou com a Dragões do Império, com 177,70 pontos, e a Acadêmicos da Cidade Alta conquistou o terceiro lugar, com 177,20 pontos. Em seguida veio a Unidos da Cidade Nova, com 176,50 pontos, Beija Flor do Norte, com 176,20 pontos e Balaku-Blaku, 172,10.

A Império da Kamélia foi automaticamente rebaixada por não desfilar neste ano, sendo o segundo ano consecutivo sem a realização do desfile por parte da agremiação.

O presidente da Primos da Ilha, Werly Medeiros, declarou que o esforço foi redobrado para a conquista do bicampeonato neste ano. “Em 2016 fomos rebaixados, mas a comunidade e a escola não baixaram a cabeça e fizemos um trabalho forte para sermos campeões em 2017. Neste ano, nós redobramos nossa atenção e fizemos um belíssimo desfile. Agora é trabalhar para o desfile do Grupo Especial, que é um desafio ainda maior”, disse.

Confira a colocação Grupo de Acesso A

1º G.R.E.S Primos da Ilha 178,30

2º G.R.E.S Dragões do Império 177,70

3º G.R.E.S Acadêmicos da Cidade Alta 177,20

4º G.R.E.S Unidos da Cidade Nova 176,50

5º G.R.E.S Beija Flor do Norte 176,20

6º G.R.E.S Balaku-Blaku 172,10

7º G.R.E.S Império da Kamélia Rebaixada

Grupo de Acesso B – A Mocidade Independente do Coroado foi a bicampeã do Grupo de Acesso B e ascenderá para o Grupo A. A primeira colocada conseguiu 177,6 pontos e conquistou o troféu com enredo “Rio Preto da Eva: uma nova história… uma nova era”. A Presidente Vargas ficou em segundo lugar, com 172,3 pontos, com o enredo “Nas asas da minha Águia vivi e vim mostrar que cultura de bar também é popular”

As escolas de samba Império do Havaí e Mocidade Independente da Raiz não apresentaram ficha técnica e não pontuaram, porém, com as penalidades no quesito de obrigatoriedade ocuparam, respectivamente, o terceiro e o quarto lugar.

Já a Unidos da Cophasa não desfilou este ano e vai poder permanecer no Grupo de Acesso B se realizar o desfile em 2019. Já a agremiação Meninos Levados foi rebaixada ao Grupo C ao não desfilar por dois anos consecutivos.

Confira a colocação do Grupo de Acesso B

1º G.R.E.S Mocidade Independente do Coroado 177, 6

2º G.R.E.S Presidente Vargas 172, 3

3º G.R.E.S Império do Havaí 0,00

4º G.R.E.S Mocidade Independente da Raiz – 6,50

5º G.R.E.S Unidos da Cophasa 0,00

6º G.R.E.S Meninos Levados – Rebaixada

Grupo de Acesso C – Conquistando também o bicampeonato do grupo de acesso C, a agremiação Tradição Leste acumulou 174,9 pontos, com o enredo “Cláudio Coelho, em seu centenário de glória, a tradição conta a sua história”, em alusão à trajetória do jogador e técnico amazonense.

Em segundo, veio a Legião de Bambas, com 174,7 pontos, em terceiro a Gaviões do Parque, com 174,4 pontos, seguidas pela Leões do Barão Açu (173,9 pontos), Ipixuna (172,6 pontos) e Império da Mauá, que não pontuou, pois não apresentou ficha técnica.

Confira a colocação do Grupo de Acesso C

1º G.R.E.S Tradição Leste 174,9

2º G.R.E.S Legião de Bambas 174,7

3º G.R.E.S Gaviões do Parque 174,4

4º G.R.E.S Leões do Barão Açu 173,9

5º G.R.E.S Ipixuna 172,6

6º G.R.E.S Império da Mauá

FOTO: Valdo Leão/ Secom