Se PT se unir com “golpistas”, Praça deixa candidatura ao senado

O ex-deputado federal Francisco Ednaldo Praciano, está revoltado com a possibilidade de o Partido dos Trabalhadores fazer alianças com partidos que apoiaram a derrubada da presidente Dilma Rousseff. Ele já anunciou que concorrerá ao senado nas eleições de outubro. Mas, ao tomar conhecimento que existem alas dentro do PT querendo firmar alianças com partidos que apoiaram a queda do governo petista, o candidato ameaça retirar a candidatura. Francisco Praciano afirmou que para ele é inadmissível ocorrer apoio a políticos que ajudaram na derrubada do governo do PT.