Secretaria de Segurança Pública recebeu mais de 6,9 mil denúncias anônimas via 181 até o mês de julho

De janeiro a julho deste ano, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) registrou um aumento de 68% no atendimento de denúncias recebidas via Disque-Denúncia 181. Desde janeiro, o serviço vem passando por melhorias, como a campanha de massificação e a implantação do atendimento 24 horas.

Segundo dados da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) da SSP-AM, foram registradas 6.956 denúncias pelo 181 de janeiro a julho deste ano. O número já representa 91,63% das 7.591 denúncias recebidas nos 12 meses de 2017.

O secretário executivo adjunto de Inteligência, delegado da Polícia Civil do Amazonas Herbert Lopes, ressaltou a importância da proximidade da sociedade aos órgãos de segurança pública e disse que em decorrência do aumento no número de denúncias, as prisões e apreensões também aumentaram no mesmo período. “A sociedade tem contribuído com o sistema de segurança pública e auxiliado o trabalho da Seai e das Polícias Civil e Militar não só para solucionarmos crimes, mas na recaptura de foragidos do sistema prisional. Dos 35 foragidos do CDPM2, parte dos 15 recapturados foi fruto de denúncias da população via 181”, disse o secretário.

Tráfico – Sete em cada dez ligações feitas ao 181 são denúncias relativas ao tráfico de drogas. Até julho deste ano, foram registrados 4.804 atendimentos referentes ao tráfico de entorpecentes, o que representa um aumento de 57,76% no total de denúncias sobre o mesmo crime recebidas no ano passado e 69,06% do total de ligações deste ano. Só em julho, o 181 registrou 785 denúncias de tráfico de drogas. “Para combatermos o tráfico de entorpecentes precisamos de 100% da colaboração da sociedade. É a população que conhece os moradores da comunidade e pode, denunciando, auxiliar a Polícia na identificação de infratores (traficantes) que ficam, por exemplo, nas esquinas e vielas trabalhando para o tráfico de drogas. Ao denunciar, a população nos fornece detalhes como trajes, estatura corporal, que auxiliam na identificação dos infratores pela Polícia Militar”, disse o secretário Herbert Lopes.

O segundo maior volume de denúncias está relacionada aos foragidos do sistema prisional, com 496 ligações de janeiro a julho deste ano. No mesmo período em 2017, foram registradas 634 denúncias relativas aos foragidos.

No mesmo período, o terceiro maior volume de denúncias é referente a roubos e furtos em geral, com 447 ligações ao 181. O número representa um aumento de 59,07% se comparado com as 281 denúncias recebidas de janeiro a julho de 2017 referentes ao mesmo crime e já é mais de 90% se comparadas com as 497 denúncias de roubos e furtos em geral recebidas no ano passado.

Plantão 24 horas – Desde junho deste ano, a SSP-AM ampliou o horário de atendimento do 181 que passou a funcionar em regime 24 horas, com turnos ininterruptos de atendimento à população. Até então, o atendimento era realizado de 7h30 às 22h.

A ampliação do atendimento teve como objetivo fortalecer o canal de comunicação entre a população e os órgãos de segurança pública do Amazonas e tem como finalidade inibir as ocorrências de crimes.

A medida resultou em um aumento de 54,68% no total de denúncias recebidas nos meses de junho e julho deste ano, nos quais foram registrados 2.178 chamados ao 181. Nos dois meses em 2017, foram registradas 1.408 ligações.

O 181 da Seai funciona 24 horas, mesmo em finais de semana e feriados. Quem denuncia tem suas informações e identidade mantidas em sigilo. A ligação é gratuita.

FOTO: DIVULGAÇÃO/SSP-AM