Seis mulheres são flagradas tentando entrar com drogas nas partes íntimas em unidades prisionais de Manaus

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), quatro suspeitas foram flagradas no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e outras duas no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM). As mulheres foram detidas tentando entrar nos presídios de Manaus com drogas escondidas nas partes íntimas. Os casos foram registrados durante horários de visitas, na manhã deste sábado (5).

No Instituto Penal Antônio Trindade, o scanner corporal flagrou, durante as revistas pessoais, cerca de 164g de maconha escondidas nas partes íntimas de Cleuciane Eleutério dos Santos. Maria Gilmara Pereira de Sá, esposa de um detento, também foi flagrada com entorpecentes. Já Thaís Menezes Oliveira tentou entrar no Ipat com 60g de maconha escondidas por dentro das roupas. Por conta disso, ela teve a carteira de visita suspensa.

Já no Centro de Detenção Provisória Masculino, duas mulheres foram detidas. Iasmin Gama Ferreira, tentou entrar no local com mais de 180g de maconha escondida nas partes íntimas. Com Rebeca Caroline Andrade da Rocha, a segurança encontrou 96g de maconha.

As seis mulheres foram encaminhadas para o 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e posteriormente para Audiência de Custódia.