Semsa capacita profissionais para fortalecer atendimento às pessoas que querem abandonar o cigarro

Profissionais dos Ambulatórios de Tratamento de Fumantes da Prefeitura de Manaus vão participar, nos dias 29 e 30/8, do curso de Formação para a Abordagem Intensiva ao Fumante. Organizado pela coordenação municipal e estadual do Programa de Controle do Tabagismo, o curso é alusivo ao Dia Nacional de Combate ao Fumo, 29 de agosto, e vai acontecer no auditório da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCECON), das 8h às 17h.

O público alvo do curso é formado por profissionais que atuam nos 22 Ambulatórios de Tratamento de Fumantes em Manaus, além de trabalhadores de saúde de municípios do interior do Amazonas.

A gerente de Promoção à Saúde da Semsa, Francinara da Silva Lima, explica que a capacitação tem como objetivo fortalecer o atendimento já realizado nos Ambulatórios implantados no município, distribuídos nos Distritos de Saúde (Disas) Sul, Norte, Leste, Oeste e Rural, oferecendo atendimento para pessoas que querem abandonar o uso do tabaco e seus derivados. “O objetivo é fortalecer os ambulatórios da Semsa, formando os profissionais que já atuam na área”

Índice – De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2017), realizada nas 26 capitais e no Distrito Federal, o município de Manaus apresenta um índice 7,5% de fumantes entre a população adulta. Por sexo, a Vigitel 2017 apontou que a prevalência de fumantes é de 11% entre os homens e 4,4% entre mulheres no município de Manaus.

Os Ambulatórios de Tratamento de Fumantes representam uma das estratégias de combate ao uso do cigarro, utilizando abordagem Cognitiva-Comportamental, fornecendo suporte profissional e medicamentoso, de acordo com a necessidade do paciente, com a realização de sessões individuais ou em grupos de apoio, e o número de participantes pode variar de 10 a 15 pessoas.

Em Manaus, os Ambulatórios de Tratamento de Fumantes registraram no ano passado, um índice médio de 54% de cessação do uso do tabaco, mas alguns ambulatórios chegaram a atingir um índice entre 90% e 100%. Estudos mostram que 80% dos fumantes querem abandonar o uso do cigarro e apenas 3% conseguem sozinhos. O índice sobe para 30% quando o fumante tem o apoio de um profissional de saúde capacitado.

Promoção da saúde – Para 2018, a Semsa tem como meta atingir um índice médio de 60% de cessação do uso do tabaco entre os pacientes dos Ambulatórios de Tabagismo, contribuindo cada vez mais para que a população desenvolva hábitos saudáveis de vida.

Os interessados em iniciar o tratamento devem procurar uma das 22 UBSs que oferecem o atendimento. O único pré-requisito para participação no programa é a vontade do usuário de abandonar o uso do cigarro e cada Ambulatório abre entre duas e três turmas por ano.

Ambulatórios para Tratamento de Fumantes por zona

Norte
1 – UBS Frei Valério – rua Bom Jesus, s/nº – Novo Israel;
2 – UBS Sálvio Belota – rua das Samambaias, nº 786 – Santa Etelvina;
3 – UBS Armando Mendes – rua 05, S/N, Conj. Manôa;
4 – Policlínica Dr. José Antônio da Silva – rua Aroeiras, nº 55 – Monte das Oliveiras;
5 – Policlínica Anna Barreto – av. Grande Circular, S/N – Monte Sião;
6 – UBS José Figlioulo – ruas Rios Arinos, s/n, Conjunto Viver Melhor – bairro Lago Azul;
7 – UBS Balbina Mestrinho – rua Maj. Silvério J. Nery (rua 170), Núcleo III, Cidade Nova;

Sul
8 – Policlínica Castelo Branco – rua do Comércio, s/n, Parque 10;
9 – Policlínica Antônio Reis – rua São Luiz, s/n, São Lázaro;
10 – UBS Petrópolis – rua Delfim de Souza, s/n, Petrópolis;
11 – UBS Nilton Lins – avenida Professor Nilton Lins, Lote 3, Parque das Laranjeiras;

Leste
12 – UBS Ivone Lima dos Santos – rua 08, s/n Coroado III;
13 – Policlínica Comte Telles – rua J, s/n, Etapa B do bairro São José III;
14 – UBS Dr. Alfredo Campos – rua André Araújo, s/n, Zumbi II;
15 – UBS Amazonas Palhano – rua Antonio Matias, s/n, São José II;
16 – UBS Mauzinho – rua Rio Negro, 113, Mauazinho;

Oeste
17 – Policlínica Franco de Sá – rua V, nº 150, no bairro Nova Esperança I;
18 – Policlínica Djalma Batista – rua 23 de Dezembro, s/n, Compensa II;
19 – UBS Deodato de Miranda Leão – rua Presidente Dutra, s/n, Glória;

Rural
20 – UBSR São Pedro, localizado no Km 35 da rodovia AM-010;
21 – UBSR Pau Rosa, Km 21 da BR 174, ramal do Pau Rosa;
22 – UBSR Ephigênio Sales, AM – 010, KM 41.