Sesc AM antecipa exposição ‘Antropia’ e a torna itinerante

Mostra convida visitante a refletir sobre as ações do homem no meio ambiente

A exposição nacional “Antropia: Os reflexos da ação do homem no meio ambiente” já está aberta para visitação no hall de atividade do Sesc Centro, na rua Henrique Martins, 427, Centro, até o dia 31 de julho. Em agosto, a mostra será exibida no Sesc Balneário (1 a 17) e no Shopping Via Norte (21 a 30). O acesso à programação é gratuito.

De acordo com o coordenador do Sesc Ciências no Amazonas, César Marinho, a exposição pretende promover o entendimento dos fenômenos climáticos da atualidade, sensibilizar a população e, assim, minimizar os impactos da ação da humanidade no meio ambiente.

“A exposição é dividida em seis módulos que apresentam os impactos do homem nas regiões do Brasil. A mostra nos faz pensar sobre o que temos feito, a curto ou a longo prazo, que têm refletido diretamente no meio ambiente, não só o aquecimento global, mas o que isso pode desencadear”, disse.

Para César, encontrar um equilíbrio é fundamental para preservarmos a vida no planeta e a exposição pode ajudar as pessoas a adotarem uma nova maneira de se portar diante do meio ambiente. Ele alerta as pessoas sobre os riscos do uso irracional da água.

“Vivemos um momento em que o mundo começa a vender água e é algo muito preocupante, principalmente pra nós, que moramos num lugar onde achamos que a água não vai acabar. Precisamos cuidar do que temos aqui no Amazonas, na região norte. Temos que repensar nossas ações e precisamos ter esse equilíbrio de crescimento sustentável e equilíbrio capital”, finalizou.

A exposição já passou pelas regiões sul, sudeste e nordeste. No norte, a visitação teve início em Roraima, nos meses de maio e junho. O Amazonas é o segundo estado da região a receber a exposição. A próxima parada da Antropia será no Pará.

A visitação da exposição pode ser feita de forma espontânea (não sendo necessário agendar) e por agendamento de grupos maiores (escolas, igrejas, instituições filantrópicas e etc) que serão acompanhados por monitores do Sesc. O agendamento pode ser feito pelos telefones 2121-5374 / 98415-7818 ou pelo e-mail: [email protected]