Solto, homem que fugiu algemado de delegacia em Coari é morto ao roubar PM

Na noite desta terça-feira (28), por volta das 19h40, policiais militares do 5° BPM, de Coari, prestaram apoio ao soldado Glauberson Valente, que foi assaltado por um dos criminosos mais perigosos e ameaçado de morte. Durante a ação, o militar reagiu e atirou contra o suspeito, que morreu na hora.

Luiz Fernando Vieira da Silva, de 20 anos, mais conhecido como “Luizinho do Liberdade”, é conhecido da polícia por praticar diversos assaltos e vender drogas na cidade. Foi ele quem fugiu algemado, em junho deste ano, num deslize dos policiais que faziam a sua escolta apos uma audiência de custódia. Três meses depois Luizinho já estava solto e te dando o terror na comunidade.

De acordo com o soldado Glauberson, por volta das 19h, em seu dia de folga, estava retornando do sítio de um amigo pela Estrada que liga o bairro do Pêra ao Conjunto Monte Sinai, quando foi abordado por “Luizinho do Liberdade”. O militar carregava uma arma longa de pressão (ar comprimido) e foi abordado pelo suspeito, que queria roubar a arma.

Luizinho anunciou o roubo apontando para o policial uma arma de fogo caseira e perguntou se o objeto que tinha nas costas era uma espingarda. O policial respondeu que se tratava de uma carabina de pressão de chumbinho.

Bastante alterado, o suspeito reconheceu o soldado e perguntou se ele era policial. Ele chegou a apontar duas vezes a arma na direção da cabeça do Militar, que reagiu e disparou diversas vezes para salvaguardar a própria vida.

Ainda de acordo com o policial militar, ele se aproximou do infrator, que ainda agonizavano chão, e retirou de perto deste a arma de fogo. Durante busca pessoal, o soldado encontrou um cartucho intacto calibre 20.

O SAMU esteve no local e atestou o óbito do infrator, que foi conduzido para o necrotério do Hospital. O infrator foi alvejado com pelo menos três tiros, sendo  dois na região do peito e um no pescoço. O caso foi registrado na delegacia local.

Compartilhe