Suspeito de matar PM Portilho é executado por dupla na Torquato Tapajós

Manaus – Wanderson Kennedy Meireles Araújo, de 24 anos, o “Kart”, preso por suspeita de envolvimento na morte do soldado da Polícia Militar Sérgio Portilho dentro de uma invasão de Manaus no ano passado, é executado com vários tiros após ser perseguido na madrugada desta segunda-feira (2). O caso aconteceu na Avenida Torquato Tapajós, próximo da Dafra, bairro Santa Etelvina, na Zona Norte de Manaus.

Segundo testemunhas, rle foi perseguido e assassinado com cinco tiros por uma dupla que estava em uma motocicleta, por volta das 5h. Ele tambem dirigia uma motocicleta e estava acompanhado de um amigo, que pilotava outra moto.

O amigo da vítima teria parado para abastecer o veículo em posto de combustíveis e Wanderson Meireles continou pela Avenida Torquato Tapajós, sentido Centro/bairro.

Após o crime, a dupla fugiu sem levar nenhum pertence da vítima. Os criminosos não foram identificados.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o assassinato. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Compartilhe