Tribunais de Contas apresentam Boas Práticas em encontro no Amazonas

Paralelo ao 8º Encontro Técnico de Gestão de Pessoas dos Tribunais de Contas do Brasil, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) sedia a 1ª Expo de Boas Práticas de Gestão de Pessoas dos TCEs. A exposição, ocorrida no hall do Tribunal, tem o objetivo de compartilhar experiências positivas da área de Gestão de Pessoas dos Tribunais de Contas.

O TCE-AM teve como tema de seu estande na exposição a equipe multidisciplinar da Divisão de Saúde (Disa) e Divisão de Assistência Social (Dias), que conta com profissionais de odontologia, psicologia, psiquiatria e fisioterapia, além de clínicos gerais e cardiologistas. O setor de odontologia, o Didont, expõe os vários tratamentos que disponibiliza, desde limpeza à cirurgias. A fisioterapia, por sua vez, demonstrou os diversos recursos oferecidos aos servidores, como tratamentos com infravermelho e ultrassom.

A psicóloga Isabella Limongi, servidora do Disa e expositora do estande do TCE-AM, explicou que, seguindo a orientação da conselheira-presidente do TCE-AM, Yara Lins dos Santos, “a equipe prioriza a qualidade de vida do servidor, incluindo a saúde mental. Nós usamos aqui principalmente a terapia cognitiva comportamental, que é uma forma de terapia eficaz, porém mais rápida, ideal para servidores públicos”.

Outro Tribunal que expôs suas ações em Gestão de Pessoas foi o Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE-MG), responsável por implantar o sistema de home office para vários de seus servidores. O home office é uma modalidade de trabalho realizada remotamente, com o servidor trabalhando de sua residência.

De acordo com a servidora responsável pelo setor de Gestão de Pessoas do TCE-MG, Mirtes Conrado, a ação foi implantada após um longo estudo da modalidade de “trabalho em casa”, que incluiu estabelecimento de metas para os servidores e treinamento com o departamento de tecnologia da informação: “Muitos servidores moram a cem ou 200 quilômetros de distância do Tribunal. Depois que implantamos o home office, logo no primeiro trimestre tivemos uma produtividade bem acima do esperado, além da satisfação dos servidores participantes”.

Compartilhamento de experiências

A organizadora do evento e chefe do Departamento de Gestão de Pessoas (Degesp) do TCE-AM, Merisa Mendes, destaca que a exposição é importante para dar espaço a outros tribunais e instituições que não puderam expor cases no Encontro Técnico: “Compartilhar experiências de boas práticas da administração pública é uma maneira de disseminar melhorias e desenvolver a área de gestão de pessoas”.

O Tribunal de Contas do Rio de Janeiro e o de Mato Grosso ainda realizarão exposições de suas boas práticas no auditório do TCE-AM, durante o período da tarde do segundo dia de evento, para os 200 servidores dos TCs presentes no 8º Encontro Técnico de Gestão de Pessoas dos Tribunais de Contas do Brasil, que termina nesta sexta-feira (17).

Além das instituições públicas do Amazonas, há estandes de empresas do Amazonas, como a Bombons Finos da Amazônia e a AgronVida, que apresentam produtos regionais. “Essas empresas convidadas permitem o público que vem de outros Estados conhecer mais sobre o Amazonas”, ressaltou Merisa Mendes, chefe do Degesp.