UnATI se mobiliza para combate à violência contra a pessoa idosa

A Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI) participará nesta sexta-feira (15/06) de uma caminhada para conscientizar a sociedade sobre a violência contra a pessoa idosa. A mobilização acontecerá às 7h na Praça do Congresso, no centrol de Manaus, zona sul da capital. O evento é uma organização da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), em parceria com a Rede Integrada de Proteção aos Idosos.

A programação acompanha o Dia Mundial de Conscientização à Violência contra a Pessoa Idosa, comemorado no dia 15 de junho. Mais do que trazer uma reflexão sobre o tema, a mobilização tem o intuito de disseminar a “ideia” de não aceitar a violência contra o idoso como normal, segundo o alerta do diretor-presidente da UnATI, Euler Ribeiro.

“É preciso educar urgentemente as famílias para cuidados básicos com as pessoas idosas, atenção, cuidados, carinho e amor devem ser a base no âmbito familiar, assim como estar atentos aos riscos de fraude e violência”, disse Euler, que também é médico geriatra. A expectativa é reunir mais de 300 idosos levantando a bandeira contra a violência e o abandono.

O médico destacou que o abandono aos idosos também é uma forma de violência, uma vez que os deixa em situação de vulnerabilidade. “Em uma sociedade cada vez mais individualista e solitária, a falta de relações sociais tem trazido consequências devastadoras ao público da terceira idade que muitas vezes é abandonado pelos familiares e sofre com os diversos tipos de violência: psicológica, financeira, sexual, abandono, social entre outras”, reiterou.

FOTO: ARQUIVO/UNATI