Veja – Polícia flagra furto de energia em salão de beleza e locatária do imóvel é presa pelo crime

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS), sob o comando do delegado Felipe Vasconcelos, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã desta sexta-feira (3/8), por volta das 10h30, a empresária Maria Auxiliadora Santos de Oliveira, 51, após os policiais civis identificarem furto de energia em um imóvel alugado pela infratora, onde funciona um salão de beleza.

A empresária Maria Auxiliadora Santos de Oliveira foi presa em flagrante

De acordo com a autoridade policial, a equipe da DECFS acompanhou a equipe de fiscais da Eletrobras Amazonas Energia para executar uma ordem de serviço no salão de beleza da empresária, situado na avenida Epaminondas, bairro Centro, zona sul da capital. Conforme o delegado, no local foi identificado que a unidade consumidora, em nome de Maria Auxiliadora, está ativada desde o início deste ano.

“No local fomos recebidos por Maria Auxiliadora. Ela nos informou que aluga o imóvel há cerca de dez anos. Durante inspeção foi verificado que havia uma ligação trifásica, com caixa de medição e medidor de energia, com todos os lacres. Porém, na parede acima do medidor de energia,que foi quebrada, encontramos uma unidade consumidora com desvios de duas fases, derivadas de um conduíte furado, antes da medição. Dessa forma, caracterizado furto de energia”, explicou o titular da DECFS.

Vasconcelos esclareceu que após a constatação do delito, foi retirado o desvio de energia das duas fases e o local teve o fornecimento de energia regularizado. Posteriormente foi aplicado Termo de Ocorrência de Inspeção (TOI). Maria Auxiliadora foi autuada em flagrante por furto de energia. A autoridade policial arbitrou à infratora fiança no valor de R$ 1 mil. O pagamento foi efetuado e ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, a mulher foi liberada para responder ao processo em liberdade.

FOTOS: Divulgação / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.