Veja vídeo – Sidney Leite cobre intensificação no combate ao sarampo na área rural do estado

Intensificar a cobertura vicinal do sarampo, principalmente, na área rural do Amazonas foi a solicitação do deputado estadual Sidney Leite (PSD) às lideranças do Governo do Estado, em discurso, nesta quarta-feira, dia 11, na Assembleia Legislativa do Amazonas.

De acordo com Sidney Leite, o surto de Sarampo que atinge o Amazonas já registra 317 casos e 2.225 que ainda estão sob investigação, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Susam).

“A última contaminação aconteceu no ano 2000. Desde lá, a doença estava extinta e, hoje, temos um surto. Particularmente, entendo que deve haver políticas públicas e parcerias entre os órgãos competentes para que possamos resolver este surto”, declarou o parlamentar.

Veja vídeo

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) confirmou ainda, na última quinta feira, 5, a morte de um bebê de 7 meses. Esta foi a primeira morte registrada no Amazonas, o que acarretou na lotação das Unidades Básicas de Saúde (UBS), em Manaus.

“Não é algo simplório, merece atenção por parte do poder público, pois temos uma fatia da população que está nesse espaço gigantesco. Faço um apelo ao líder do Governo, aos prefeitos municipais e secretarias municipais de saúde que dêem a devida atenção para a cobertura vacinal, principalmente, na área rural”, concluiu.

IRANDUBA

O deputado Sidney Leite registrou também sua visita ao Município de Iranduba, na tarde de segunda-feira, 9, onde se reuniu com a direção do Hospital daquela cidade.

Na ocasião, o parlamentar verificou que o hospital só dispõe de uma ambulância e constatou que duas estão paradas. Por esse motivo, o deputado vai apresentar um requerimento pedindo a reforma das ambulâncias.

“Com R$ 60 mil é possível recuperar as duas ambulâncias, mas se uma for recuperada, já seria o suficiente”, declarou.

SELETIVIDADE DAS EMENDAS

Sidney Leite falou ainda sobre a seletividade das emendas apresentadas.

O parlamentar disse estranhar o não cumprimento de algumas emendas e lembrou que elas devem ser cumpridas sem distinção. “As emendas não são de interesse do deputado, mas de interesse da população. Existe verba específica prevista para área de educação e saúde e que o seu não cumprimento desmoraliza a casa”, finalizou.